youtube e anúncios

Grandes marcas, Youtube e anúncios: Veja o que está mudando!

Grandes marcas, Youtube e anúncios: Veja o que está mudando!

Marcas grandes (as maiores do mundo) decidiram , recentemente, retirar a publicidade de vídeos no Youtube. Entre elas estão a Toyota, Mc Donalds , L’Oreal e BBC.

O motivo? Bom, seus anúncios estavam sendo exibidos em vídeos com discursos de ódio e palavrões ou ainda em vídeos com conteúdo duvidoso e de má qualidade.

Os Youtubers celebridades

Os Youtubers celebridades logo trataram de reclamar com O Google como se eles tivessem o poder, como se fossem as última cocas do deserto. Esqueceram que, quem manda, é o anunciante e se o anunciante exige conteúdo de qualidade ou eles  aprendem a produzi-lo ou simplesmente ficarão para trás.

Imagine que você é uma marca

Imagine que você é uma marca séria. Você gostaria que anúncios dos seus produtos fossem exibidos em canais que veiculam baixaria , ódio e palavrões? Você gostaria que não houvesse critério algum para veiculação dos anúncios pelos quais você paga caro?

Veja o que a AT & T (empresa americana do ramo de telecomunicações) afirmou em um comunicado oficial sobre o assunto:

“Estamos profundamente preocupados com o fato de nossos anúncios terem aparecido junto com conteúdo do YouTube que promove o terrorismo e o ódio”, disse um porta-voz da AT & T em comunicado. “Até que o Google possa garantir que isso não aconteça novamente, estamos removendo nossos anúncios das plataformas de pesquisa do Google.” ( Tradução adaptada a partir de matéria do site do jornal The Guardian)

Depois dessa saída massiva de anunciantes o Google já anunciou que dará mais controle aos anunciantes sobre o conteúdo no qual os anúncios pagos por ela são veiculados.

Embora saibamos que vídeos que não sejam besteirol puro demorem muito para conseguirem um número de visualizações considerável, é bom saber que as marcas estão procurando quem realmente se esmera em produzir algo com mais qualidade e não  vídeos que vociferam palavrões e incitam o ódio, a violência e o preconceito. Ninguém quer sua marca atrelada ao algo ruim.

Não faça tudo por visualizações

Lembro que uma vez eu vi algo num grupo de blogueiros no Facebook que me deixou bem triste. Uma mocinha bem jovem a fim de ganhar mais seguidores no Instagram, começou a publicar fotos com um teor sensual ao extremo.

Ela aparecia de calcinha e sutiã em poses bem comprometedoras. Se ela ganhou os views e os seguidores que buscava? Pelo pouco que vi sim, mas essa medida gerou seguidores de baixa qualidade, interessados em algo que se ela insistisse em alimentar faria dela um figura não muito bem vista na rede.

Lembro que um dos comentários (de uma amiga da blogueira) advertindo-na contra essa postura e chamando-a  de louca. Ela queria views, conseguiu, mas a reputação foi pelo ralo.

 

Os anunciantes

Anunciantes sempre vão existir e serão eles quem orientarão o mercado de publicidade, pois escolhem com quem , onde e como anunciar e eles  ditarão boa parte das regras muitas vezes.

Esse tipo de atitude tomada pelas marcas que citei no início da postagem vem como uma oportunidade para os bons produtores de conteúdo, pois já há lixo demais no mundo.

Veja também Sete passos para construir uma estratégia de conteúdo para o Youtube

 

Medidas tomadas pelo Google

  • Não monetizar canais com menos de 10.000 visualizações totais
  • Não monetizar vídeos cheios de palavrões ou com conteúdo duvidoso ou de má qualidade

O Google terá que monitorar mais de  perto os tipos de conteúdo que estão sendo veiculados no Youtube pois a gama de anunciantes perdida resultou em um decréscimo considerável de receitas já que tais anunciantes são empresas grandes.

Continue produzindo e produza melhor

Enquanto isso continuemos  a produzir conteúdo de qualidade boa que realmente cumpra o propósito de informar, resolver um problema ou entreter de maneira sadia sem denegrir ou ferir ninguém.

Aproveite para se inscrever no meu canal do Youtube

Palavra do dia: O que ama a instrução ama o conhecimento, mas o que odeia a repreensão é estúpido. Provérbios 12:1

 

 

4 Comments

  • Reply isabelborgert abril 25, 2017 at 12:08 am

    Eu dou o maior apoio, pra essa atitude dos anunciantes, tenho olhado muitos blogs do meu seguimento e outros também e tenho visto coisas muito ruins. Não sei o que acontece mas as piores coisas os piores conteúdo principalmente no YouTube viralizam. No instagram outro dia vi rabisco com milhares de curtidas e comentários, A impressão que dá é que quanto pior melhor. A erotização, as fotos ( de costas) principalmente de mulheres nos deixam indignadas . Infelizmente aqueles que se julgam celebridades ainda se julgam no direito de ditar regras e de se nivelar por baixo.E tem gente que vai na onda ( fama nem que seja por segundos).
    Beijos e boa semana
    Isabel

    • Reply Daniele Leite abril 26, 2017 at 11:00 am

      Verdade Isabel. Aqui na minha cidade vi muitas meninas blogueiras começarem usar desse artifício de quase “Nudes” para se conformar com as famosas e alavancar a audiência. Direito delas, mas acho que uma atitude arriscada que pode até minar a imagem dependendo da foto.

      Eu espero que realmente os filtros para conteúdo continuem.
      Por mais que algo seja para entretenimento não necessariamente precisa ser vulgar, com discursos preconceituosos ou coisa parecida. É necessário um pouco mais de respeito.
      Grande abraço!

  • Reply Gabriele - Uma louca por Jesus Cristo abril 27, 2017 at 1:25 pm

    Post interessante Dani, concordo com eles, mas confesso que não sabia disso…

    “Não faça tudo por visualizações”
    É verdade, mais vale qualidade do que a quantidade. Um público fiel, é melhor do que um curioso só passagem! ahahahaa

    • Reply Daniele Leite abril 27, 2017 at 1:57 pm

      Amei o desfecho da frase ” melhor que um curioso só de passagem” . É exatamente isso!
      Bj!

    Deixe seu comentário!