tarefas

Produtividade: Gerenciando nossas tarefas do jeito certo

Compartilhe!

Produtividade: Gerenciando nossas tarefas do jeito certo

 

Para sermos realmente produtivos precisamos esquecer aquela história de que produtividade é sinônimo de agitação, de inúmeras tarefas realizadas quase que ao mesmo tempo e da sensação de que estar ocupado é estar produzindo.

Durante o dia temos de dar conta de muitas atividades. São aqueles torpedinhos que ficam voando pela nossa cabeça e ficam nos lembrando do monte de coisas que temos que fazer. São ligações, e-mails, aquela ideia legal para um post, a reunião com as amigas, o jantar com o marido, trabalho da faculdade para entregar…

Se não tivermos um método para gerenciar todos esses afazeres ficaremos estressados, preocupados e ansiosos. A primeira coisa que precisamos fazer é capturar esses torpedinhos que ficam enchendo a caixa de entrada da nossa mente.

Comigo acontece de durante à noite ficar extremamente frutífera para ideias e não conseguir dormir. Enquanto eu ficava com as ideias na cabeça, não conseguia relaxar. Depois que comecei a tirar os torpedos da cabeça e transferi-los para um sistema confiável o estresse diminuiu, praticamente acabou, graças a Deus.

Para não esquecer o que devo fazer e para não perder nenhuma ideia importante, sigo os três passos que aprendi na metodologia GTD:

1 – Anotar na hora;

2 – Guardar em um lugar confiável;

3 – De forma completa

 

Por que anotar na hora?

Se eu deixo para depois com certeza acabarei esquecendo aquilo que ficou povoando minha mente e o pior: com aquela sensação terrível de saber que o compromisso é importante, que a ideia é boa e que eu perdi.

 

Por que guardar em lugar confiável

Se eu anotar num pedaço de papel solto (já aconteceu várias vezes) acabarei perdendo a informação. Por isso é bom que a anotação seja feita num bloquinho, num aplicativo ou em algum sistema que me permita encontra-la com facilidade depois.

 

Por que de forma completa

Uma informação incompleta estressa. Como lembrar direito de um compromisso escrito pela metade? Ex: Salão. O que isso me diz? Que tenho hora marcada no salão? Que o salão de festas do prédio precisa ser reservado? Sim, mas que horário, qual dia? A informação completa nos faz economizar tempo e também nos deixa menos estressados.

Recapitulando

Vimos na postagem de hoje como capturar as informações, ideias e tudo aquilo que fica povoando a nossa mente e de alguma forma exige de nós uma decisão ou atitude. Chamei essas informações de torpedos. Quando capturamos os torpedos e os retiramos da nossa mente, ficamos mais tranquilos, sem aquela “síndrome do tenho que” (tenho que fazer isso, aquilo, aquilo outro).

Para garantir que esses torpedos não voltaram a inundar a nossa mente, aprendemos que devemos anotar a informação na hora, transferi-la para um lugar confiável e fazer isso de forma completa. Comece hoje mesmo a esvaziar a sua mente e ter um dia mais produtivo!

 

No Comments

Deixe seu comentário!