metas para o ano novo

Estabelecendo suas metas para o novo ano: compartilhando algumas

Compartilhe!

Estabelecendo suas metas para o novo ano: compartilhando algumas

Todo final de ano quase todo mundo tem uma listinha de coisas que gostaria de realizar no ano seguinte. São objetivos de trabalho, (como mudar de um emprego que faz mal para a saúde) emagrecer, guardar dinheiro para viajar ou para comprar a casa própria… Enfim, uma série de coisas que requerem de nós planejamento e ação, mas que muitas vezes ficam apenas no papel ou pior, apenas na mente.

Quando nos damos conta, o tempo passou e não alcançamos nada daquilo que havíamos sonhado alcançar. Isso provoca em nós em nós um sentimento de frustração grande, em muitos casos uma revolta consigo mesmas.

Aquelas perguntas que nos entristecem e nos fortalecem

Eu já passei um bom tempo me perguntando:  Por que comecei a trabalhar tarde? Por que não estudei para outro concurso? Por que não fiz outro curso de graduação? Isso só me fez ficar mais mal ainda, mas também me fez perceber que se eu estou onde estou foi porque escolhi. Quando admitimos que a nossa situação atual, em grande parte, é fruto de nossas escolhas, fica mais fácil escolher diferente e fazer diferente.

Já falei aqui sobre o meu trabalho e desabafei com vocês o quão estressante ele é.  Já contei também que não é ele quem me chateia , mas o local em si. Eu gosto de desafios, mas tortura é bem diferente. E ultimamente tem sido uma verdadeira tortura. Eu demorei para entender que estamos num país que nunca respeitará professor.

Outra licença

Essa semana tive que ir à Perícia Médica do Estado por conta de um licença que tive que tirar (estou com sérios problemas com bruxismo e DTM por causa do estresse no trabalho além de outros que não desejo relatar) . Ao chegar lá fiquei pasma com um detalhe : a grande maioria das pessoas que estava aguardando para perícia era de professores, em segundo lugar, policiais. Dei-me conta quanto esse profissional tão necessário e maltratado pelo sistema. Ontem ainda, tive a notícia que vão cortar um dos projetos que nos fazem ficar menos horas em sala, ou seja, a palavra de ordem é massacre.

 

A primeira meta

Bom, depois dessa experiência nada animadora e das notícias nada promissoras resolvi colocar como primeira meta para o novo ano mudar de emprego. Embora eu tenha meus blogs, nem de longe eles seriam capazes de suprir minhas necessidades financeiras na conjetura atual . Ganhar um  dinheiro com blogs demora e é necessário muita dedicação.

Embora eu ame bogar e escrever devo ser realista e saber que esse é um trabalho cujos frutos virão no longo prazo. Outra coisa é que eu gosto de ser servidora pública e de todas as vantagens que posso ter com isso, embora por outro lado eu ame empreender. Então, resolvi fazer as duas coisas, porém me dedicar mais a estrutura uma mudança de trabalho mesmo, porque quando começa a afetar nossa paz e saúde devemos sim pular fora. Com a graça de Deus vou conseguir.

Outras metas

metas para o ano novo

Entre outras metas, estão:

  • Economizar para viajar mais no ano que vem;
  • Ter mais comunhão com Deus e crescer espiritualmente ;
  • Dedicar mais tempo à família e amigos;
  • Cuidar melhor da saúde;
  • Cuidar melhor das finanças
  • Fazer mais de uma atividade física (eu só caminho, quero começar musculação);
  • Impulsionar meus blogs;
  • Concluir meu livro de ficção.

Depois de estabelecer minhas metas, eu detalho os passos para conseguir alcançar cada uma delas. Gosto sempre de pedir a direção de Deus em tudo, não sei ser diferente. Eu creio que vê além  e pode me orientar a chegar mais rápido ou mudar de direção acaso eu esteja indo para um caminho que não seja bom. Bom, cada um tem a sua fé e acho importante não deixá-la de lado.

Metas reais

Gosto de colocar metas realistas, assim fica mais fácil de cumprir. Ir a uma academia , por exemplo, para mim é um martírio, mas eu estou naquela idade que, se não começar a fazer, não vou conseguir correr atrás das crianças quando decidir ter um filho ou quando Deus achar que está na hora de termos um.

As metas para o ano novo precisam não precisam também ser tão fáceis de cumprir. Mudar de emprego por exemplo vai requerer de mim um esforço enorme. Como gosto de trabalhar no serviço público, vou ter que arregaçar as mangas e estudar como quem se prepara para uma maratona. Mas quero e preciso fazer isso. Como me concentrei na área de ensino por 7 anos, trocar assim de uma hora para outra só é mais rápido se for por meio de um concurso mesmo (ou ganhando na Telesena kkkkkk)

Concluindo

E você, já começou a traçar suas metas para o novo ano? Se não começou que tal rabiscar algumas? Use o papel, use um app de notas, mas comece. Esse ato tão simples de anotar o que desejamos para nossa vida nos motiva bastante a começar a mudança. Há uma frase que diz assim: “Aquele que não luta pelo futuro que quer, deve aceitar o futuro que vier.” Bom, eu só acho que devemos continuar lutando!!! Grande abraço!!

 

 

 

4 Comments

  • Reply Aline Porto novembro 14, 2017 at 1:48 pm

    Oh Daniele, tenho certeza que vc vai conseguir alcançar essa primeira meta que estabeleceu (e as outras tb). Vc merece ser feliz trabalhando com o que gosta e onde te respeitem (nós merecemos). Obrigada por compartilhar conosco, isso nos motiva a estabelecer as nossas metas tb! Sucesso! Bjos

    • Reply Daniele Leite novembro 14, 2017 at 7:18 pm

      Deus abençoe que sim Aline, Deus te ouça. Espero que possamos estar compartilhando muitos sucessos por aqui. Fico muito agradecida pelo seu comentário, obrigada pelo incentivo também. Que 2018 seja um ano rico de bençãos em todos os sentidos! Bjuu!!! Sucesso e grande abraço!

  • Reply Isabel novembro 14, 2017 at 10:47 pm

    Dani
    Vou humildemente aqui comentar este post como sempre muito bem elaborado.
    1- Quando entrei para o funcionalismo publico não havia pensado no lado da estabilidade, eu era professora CLT do estado , entrei na carreira do magistério porque eu tinha filho pequeno queria fazer algo só no período que ele estivesse na escola, de outra maneira teria que trabalhar 8 horas diárias,
    Sempre achei alguns funcionários públicos folgados se valem da estabilidade que a meu ver deve acabar.
    Quando fazemos concurso ficamos refém pois se desistirmos perdemos , eu tive a sorte de fazer o que gostava e estar na carreira certa.
    2- A respeito da diminuição das horas que fica fora de sala: Aqui sempre trabalhei emprestada para escolas conveniadas da prefeitura tínhamos direito a um dia em casa ( a tal hora atividade) foi cortada dos funcionários da prefeitura e os CLT folgados tinham e riam na nossa cara mesmo sendo concursados valiamos menos que um CLT que estava apenas se folgando.
    3- Não lamente por não ter feito outro concurso outra graduação,
    4- Viver de blog não sei como alguns conseguem, impulsionar gasta -se muito e não sei se não é uma ilusão
    tenho observado que o face vai diminuindo as curtidas que paguei pra impulsionar , que vantagem levamos daí
    ficar alimentando o que? Outra coisa o ideal seria ganhar dinheiro me incomoda esse negocio de ganhar coisas
    produtos sei lá acumular não faz minha cabeça;Já não tenho mais paciência pra isso,
    O trabalho que demanda fazer um post, horas e horas fazendo edição, cuidando da gramática estética normas
    ninguém reconhece.
    Quanto a planos , ainda bem que fazemos não é? Eu creio que vou continuar fazendo meus planos também me inspirando em pessoas como você porque sem planos acho que eu entraria em depressão.
    Você ainda é muito jovem vai conseguir muita coisa pois faz tudo com responsabilidade e amor.
    Grande beijo melhoras ai as licenças são o minimo que um ser humano que trabalha pode ter e se pretende ter filhos, prepare-se para muitas e muitas licenças.
    Bom feriado!!

    • Reply Daniele Leite novembro 15, 2017 at 12:41 pm

      Obrigada pelos ricos conselhos e por compartilhar um pouco da sua experiência, Isa. Estou olhando para frente. Nós temos a tendência mesmo de nos questionar e perguntar como seria, por que isso e aquilo outro, acho que isso também é importante, mas como você mesma disse o que não podemos é lamentar.
      Ganhar coisas é até estressante às vezes, porque na verdade as marcas querem é um belo de um post. Coloquei nos termos de uso do meu outro blog que a entrega de um produto X ou Y não é garantia de resenha, não gosto de ficar presa e nem quero ficar recebendo um monte de coisa que não uso. Praticamente não recebo nada depois disso kkkkkk
      Bom, eu só peço a benção de Deus na minha vida, acho que com ela gente vai longe e claro fazendo tudo com amor e responsabilidade também. Muito obrigada por seu comentário. Amei cada detalhe. Ótimo feriado!

    Deixe seu comentário!