mente mais tranquila

5 passos para uma mente mais tranquila : evitando as explosões

Compartilhe!

5 passos para uma mente mais tranquila: evitando as explosões

O ser humano é cheio e emoções. Sorrimos, choramos, iramo-nos. Uns tem mais facilidade para perdoar e esquecer, outros uma extrema dificuldade. Cada um carrega um conjunto de características que ajuda compor a sua personalidade. Essa será trabalhada ao longo de toda a sua vida.

Mas não importa o quão calmo e pacato você seja, se acumular coisas mal resolvidas no seu coração , um dia você explode. Ou explode de raiva ou adoece e sabe por quê? Porque não resolver querelas ou expor inquietudes enche o nosso corpo de toxinas. Geralmente remoemos aquilo que não foi resolvido e ficamos inundando nossa mente com esses assuntos inacabados.

Precisamos fazer um verdadeiro detox na nossa mente, no nosso corpo, na nossa vida. Isso deve ser feito diariamente, deve se tornar um hábito.

Separei aqui algumas pontos que devemos observar a fim de ter uma mente mais tranquila e evitar as tão prejudiciais explosões, sejam elas com as pessoas à nossa volta ou simplesmente as que acontecem dentro de nós. Vejamos os cinco passos:

1 – Cuide dos seus pensamentos

2 –  Exercite a arte da entrega

3 – Escolha um novo hábito

4 – Recompense-se mais

5 – Canalize a sua raiva para algo positivo

1 – Cuide dos seus pensamentos: eles são poderosos

mulher preocupada

Eu sou cristã e leio a Bíblia frequentemente e ela nos diz para pensarmos em tudo o que é bom e encher a mente com coisas boas:

“Resumindo , amigos, o melhor que vocês têm a fazer é encher a mente e o pensamento com coisas verdadeiras, nobre, respeitáveis, autênticas, úteis, graciosas  – o melhor, não o pior; o belo, não o feio. Coisas para elogiar não para amaldiçoar. “( Filipenses 4:8 – Bíblia de Leitura  A mensagem)

Mas sempre escolhemos pensar no pior para tudo. Escolhermos sempre nos preocupar. A preocupação é tão insana que algumas coisas com as quais nos preocupamos estão totalmente fora do nosso controle. Se não podemos ter controle para que nos preocuparmos então?

Eu sei que falar é fácil. E eu tenho meus momentos de preocupação diários e luto todos os dias para obter sabedoria suficiente para conseguir entregá-los a Deus, o único que realmente tem o controle de todas as coisas.

A  preocupação desequilibra o corpo

Quando nos preocupamos demais com doenças ficamos tão ansiosos que acabamos tendo algum desequilíbrio. Esse desequilíbrio pode ser físico , mental…

Muitas pessoas ansiosas sofrem de gastrite crônica e vivem no omeprazol para tentar contornar o problema. O que acontece é que o remedinho mágico que por anos foi considerado inofensivo, é  capaz de induzir a uma série de moléstias graves.

O pensamento atrai?

Quando pensamos de forma exagerada que as pessoas são sempre aproveitadoras, que estão sempre querendo tirar vantagem, é inexplicável como acabamos atraindo para perto de nós justamente esse tipo de ser humano. Talvez Deus esteja nos dando um recado, do tipo: – Pare de pensar que todos são assim ou vou fazer justamente o que você tanto matura na sua cabecinha.

2 – Exercite a arte da entrega

entregar

Nem sempre é fácil nos desligarmos das coisas que queremos que sejam feitas e bem feitas. Isso acontece com uma mãe de família que deixa o seu filho na escola aos cuidados de outras pessoas; com o sono de uma pequena empresa que precisa delegar tarefas mas quer resolver tudo sozinho e também com os salvadores, que acham que podem resolver os problemas de todo mundo da família.

Temos que aprender a delegar aquilo que pode ser feito por outras pessoas, do contrário ficaremos sobrecarregados e isso pode nos levar a explodir.  Temos que aprender a entregar nossas preocupações nas mãos de Deus, principalmente aquelas situações sobre as quais não temos a menor chance de exercer a menor influência pensando exaustivamente nelas.

Faça o que deve ser feito. delegue o que outro pode fazer por você e entregue aquilo que você não tem condição de realizar.

3 – Escolha um novo hábito para incorporar à sua rotina

Exercício Físico

Escolha um novo hábito saudável para incorporar à sua rotina. Troque o elevador pelas escadas. Beba mais água. Pare 5 minutos para escutar a sua música preferida ou ainda separe um tempinho para orar, para conversar com Deus, para agradecer.

Gosto muito do livro “O Milagre da Manhã” e nele o autor nos diz para separarmos uma hora antes de iniciarmos as nossas atividades diárias e dedicarmos esse tempo para nos fortalecer para o dia. Eu adaptei os passos ao meu estilo de vida.

Nesse tempinho, você pode tomar um café caprichado, tomar um pouco de sol na varanda, falar com Deus. Mas não vale checar e-mail e começar a trabalhar. Você deve praticar atividades que te fazem fugir da rotina.

4 – Recompense-se mais

chocolate quente

Gosto de atribuir pequenas recompensas a mim mesma. Um chocolate amargo depois de uma tarefa exaustiva cumprida, como pedalar por meia hora. Uma roupa nova quando consigo terminar aquele livro que é essencial para entender alguma disciplina que estou cursando na faculdade.

As recompensas nem sempre são coisas, às vezes é apenas ver um seriado. Sair com meu marido para jantar fora ou simplesmente tirar um tempinho para uma leitura de um livro que gosto muito.

Trabalhar com essas pequenas recompensas nos ajudam  a manter a motivação em tarefas que demandam mais trabalho, sejam elas físicas ou mentais.

5 – Canalize a raiva para algo positivo

cachorro com raiva

Quando eu estava lendo o livro Let´s Elevate do Ramon Tessman, deparei-me com uma das táticas que ele usa para não deixar a raiva contaminar o seu coração. Ao invés de ceder a tentação de revidar, de se vingar, ou seja, de reagir colericamente à alguma situação, ele pega tudo aquilo e transforma em energia positiva.

No livro ele fala que quando dirigia na estrada  de volta para casa. Um motorista que aparentava embriaguez ficou colado no seu carro e ainda colocou farol alto para o perturbar. Ele passou para outra pista mas não teve jeito, a criatura colou novamente o carro atrás do dele. Parece uma perseguição, não é mesmo?

Canalizando a raiva

O Ramon conta que começou a ficar irritado e depois de vários quilômetros segurando aquela raiva ele soltou um grito e disse: ” Só de raiva , quando eu chegar em casa vou virar a noite escrevendo um ebook”.

O final da história é que aquele ebook lhe rendeu bom dinheiro. O resultado poderia ter sido terrível caso o Ramon Tessman tivesse comprado briga com o desconhecido que o atormentava.

” Um soberano não pode convocar um exército só por raiva, e um general não pode lutar apenas por vingança. Uma pessoa com raiva pode recuperara serenidade, e o ressentimento pode ser apaziguado, mas um Estado arruinado não se recupera, e os mortos não podem voltar à vida” (Sun Tzu – A Arte da Guerra)

Aprenda a controlar a raiva. Deixe para explodir toda a energia acumulada em uma atividade produtiva e que te trará bons frutos. A raiva pode fazer muito mal, mas se soubermos transferir toda essa energia ruim para produzir algo bom, só temos a ganhar.

Quando tiver com raiva de alguém que te fez mal , seja no trabalho, na família, no seu círculo de amizades, repita para você mesmo: ” Só de raiva vou fazer algo produtivo, pois eu sou muito maior que tudo isso”

Um convite

Comece a por em prática esses cinco passos hoje mesmo e veja as mudanças acontecendo na sua vida. Não é mágica, mas trata-se de criar hábitos e fortalecer o seu mindset, ou seja configurar a sua mente.

Curta a Fanpage do Emprelas  e não esqueça de ativar as notificações, assim você fica sempre por dentro das novas postagens que eu fizer por aqui. Um abraço

*Postagem atualizada em 04/07/2017

13 Comments

  • Reply Barnabé Sousa dezembro 16, 2016 at 10:03 pm

    Excelente texto! :)

  • Reply Ananza dezembro 19, 2016 at 2:22 am

    Precisava ler isso! Pior que na hora que a gente passa por deteminadas situações, simplesmente esquecemos de tudo isso rs. É um verdadeiro desiquilíbrio. Mas de fato é prática, tem que ser uma prática diária, precisamos aprender ter o controle do nosso eu. Ótimo texto!!! ❤

    • Reply Daniele Leite dezembro 19, 2016 at 9:08 pm

      Dependendo da situação perdemos a razão mesmo Ananza, mas graças a Deus eu tenho conseguido manter a calma. É difícil, mas é necessário criarmos o hábito. Recentemente passei por uma situação no trabalho que se tivesse acontecido há alguns meses eu teria perdido a calma e ficado com o coração acelerado de raiva. Mas aconteceu exatamente o contrário, pela graça de Deus eu consegui visualizar a situação, como se eu estivesse de fora daquilo tudo, respirei fundo , mantive a calma e tudo ficou bem. Eu estou muito feliz por estar progredindo e se eu estou conseguindo sei que qualquer pessoa pode conseguir também!!!
      Abraço!!

  • Reply Larissa Zorzenone dezembro 19, 2016 at 6:28 pm

    Olá
    Adorei seu texto. Eu explodo muito facilmente, mas estou tentando mudar isso em mim, mas é uma tarefa complicada. Estou treinando o lance da recompensa e tem funcionado bastante bem comigo.
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco

    • Reply Daniele Leite dezembro 19, 2016 at 9:03 pm

      O lance da recompensa é ótimo Larissa, só não pode é exagerar, do contrário criamos monstrinhos de nós mesmas rsrs. Mas eu também tenho tido vitórias nessa área graças a Deus e a essas técnicas simples, mas eficazes!
      Beijos!

  • Reply Ticiana dezembro 21, 2016 at 10:17 pm

    Obrigada amigaa. Te contei minhas aflições e minhas raivas hoje , agora lendo este texto percebo como é necessário o cuidado interior. 😘

    • Reply Daniele Leite dezembro 21, 2016 at 11:33 pm

      Eu que agradeço por confiar em mim amiga!! Você sabe que torço muito por você e que pode contar comigo.
      Um coração com saúde é vida do corpo, por isso que devemos sim cuidar com carinho do nosso interior. Beijos!

  • Reply Emanuelly Suhett dezembro 21, 2016 at 10:46 pm

    Nunca li tanta coisa legal junta, seu post foi uma explosão de palavras muito úteis isso sim rs.
    Parabéns, caiu como uma luva pra mim, estava precisando.
    Um beijo e feliz natal.

    http://www.esteticando-se.com

    • Reply Daniele Leite dezembro 21, 2016 at 11:34 pm

      Obrigada Manu! Fico feliz que minha postagem tenha ajudado você!!!
      Feliz Natal !! Beijos!!

  • Reply Isa setembro 6, 2017 at 4:24 pm

    Ler este texto hoje com mais calma e muito bom.Meu dia no trabalho ontem me tirou do sério.Sabe quando você faz tudo certinho e acontece algo errado não por culpa sua mas dos outros?Pois é quando você é correto e não tem a malandragem peculiar daqueles que tem uma Vidinha ridícula e tem prazer em te prejudicar?Pois é ainda convivemos com pessoas com coração cheio de ódio, ódio pela vida Boa que temos e que eles não tem.Ai a gente chora e lava a alma.
    Belo texto acalma o coração.
    Bjao bom fim de semana

    • Reply Daniele Leite setembro 13, 2017 at 9:22 pm

      É Isa, alguns parecem que foram feitos para nos tirar do sério mesmo. Compreender que o nosso descontrole afeta muito mais a nós que aos outros é muito importante a fim de conservarmos nossa mente e nosso corpo sãos em mundo tão plenos de pessoas más. O choro, às vezes, é inevitável, mas como você mesma disse ele lava a alma, pois permite que nos coloquemos tudo para fora. Faz bem. Grande abraço!!!

  • Reply Ingrid Gordiano setembro 13, 2017 at 12:25 am

    olá.
    cai de paraquedas aqui no seu blog.

    Muito obrigada pelo post, foi perfeito!

    Eu estava passando por um momento de ansiedade muito grande, e me senti muito tocada com suas palavras.

    Obrigada mesmo. Que Deus continue te abençoando para que você sempre tenha forma para seguir em frente.

    • Reply Daniele Leite setembro 13, 2017 at 9:17 pm

      Olá Ingrid, fico muito feliz que esse post tenha ajudado você!! Muito obrigada pela visita e pelo comentário. Deus abençoe sua vida!

    Deixe seu comentário!